Alessandro Vieira recebe Moção de Agradecimento por investir na profissionalização de jovens



Os jovens atendidos pela Fundação Renascer de Sergipe terão mais oportunidades de geração de trabalho e renda com a implantação da Unidade de Formação e Qualificação Profissional Continuada da instituição. O projeto será concretizado graças a destinação de R$ 500.000,00 em emendas parlamentares do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE). Nesta terça-feira (01), o senador Alessandro recebeu Moção de Agradecimento das mãos do diretor presidente da Fundação Renascer, Wellington Mangueira, que agradeceu os recursos para implementação do projeto “Formando para o Futuro”.


“A iniciativa do senador Alessandro tornará realidade o Projeto “Formando para o Futuro”, o qual é de suma importância para que os socioeducandos assistidos pela Fundação Renascer possam ser efetivamente ressocializados, na perspectiva de se tornarem cidadãos plenos em direitos e deveres, contributivos para a construção de uma sociedade desenvolvida, justa, democrática, equânime e de igualdade de direitos”, destaca Wellington Mangueira, diretor presidente da instituição.


A Fundação Renascer espera alcançar um número maior de socioeducandos, egressos do sistema socioeducativo, com condições de mudança efetivas em suas vidas, bem como de seus familiares. O projeto “Formando para o Futuro” vai qualificar profissionalmente os jovens em cumprimento de medida socioeducativa de internação e semiliberdade, para geração de emprego e renda, treinando habilidades para a prática de comercialização e gerenciamento do negócio. Em 3 meses será instalada e estruturada a Unidade de Capacitação e Qualificação Profissional Continuada. E em mais 12 meses, a primeira turma estará formada nos cursos profissionalizantes.


“Quero evidenciar o compromisso do senador Alessandro para com o futuro da população de Sergipe, na medida em que os recursos destinados à Fundação Renascer propiciarão a diminuição da violência urbana em nosso estado, considerando que este projeto oferecerá uma oportunidade de inserção dos socioeducandos no mundo do trabalho de forma qualificada, através da educação profissionalizante que receberão no Centro de Formação Profissional”, avalia o diretor presidente da instituição.


A Fundação Renascer operacionaliza e executa a política do Governo de Sergipe relativa à inclusão, desenvolvimento e assistência aos adolescentes em cumprimento de Medida Socioeducativa de internação ou semiliberdade na faixa etária de 12 a 21 anos incompletos. “Acreditamos que a implantação de uma unidade de Formação e Qualificação Profissional continuada, onde possamos oferecer à esses jovens cursos profissionalizantes, adequados à realidade da socioeducação, favorece a um retorno positivo destes jovens para a sociedade”, ressalta Wellington Mangueira.


Com a implementação da Unidade de Formação, os socioeducandos poderão realizar cursos nas áreas da construção civil, através de parceria com o SENAI, cursos na área de Panificação (SENAC/SENAI), cursos na área de Informática (em parceria com o Projeto RECICLATEC / Biblioteca Epifânio Dórea) e na área de competência transversais, abordando conhecimentos e habilidades que somadas ao conhecimento técnico, formação um profissional mais apto ao mercado de trabalho.


A Unidade de Formação e Qualificação Profissional Continuada da Fundação Renascer contará com uma estrutura de 01 sala de aula (com capacidade para 20 alunos); 01 sala de informática (com capacidade para 10 alunos); 01 mini auditório, 01 cozinha adaptada para a realização de cursos e recepção.


Texto: Laísa Bomfim Foto: Daniel Renno

0 visualização0 comentário